SINPRO-PE | SINDICATO DOS PROFESSORES DO ESTADO DE PERNAMBUCO

TODOS(AS) JUNTOS(AS) PELO POVO, PELA CLASSE TRABALHADORA E POR NORMANDIA!

Ontem, recebemos com surpresa e indignação a notícia acerca da solicitação judicial, movida pela presidência da República, por meio do INCRA, visando à reintegração de posse, contra o Centro de Formação Paulo Freire, localizado no assentamento Normandia, do MST, em Caruaru.

Criado em 1999, o Centro de Formação Paulo Freire é um patrimônio educacional dos movimentos sociais no nordeste. Muitos cursos e atividades formativas foram feitas nesse espaço, em parceria com diversas universidades brasileiras, institutos federais, bem como, entidades sindicais, estudantis e organizações de base. Um espaço construído em favor do povo e do desenvolvimento social, político e econômico, no campo e na cidade.

Desta feita, não há como externar o repúdio à solicitação feita pelo INCRA, orientada pela vontade do presidente Bolsonaro, que abertamente se coloca como inimigo do povo, dos movimentos sociais e da classe trabalhadora. A ação do INCRA representa mais um episódio de perseguição que o governo federal vem fazendo com os movimentos sociais que lutam pela democracia, pela defesa da população e pelo desenvolvimento nacional.

Um ataque expresso ao Movimento dos Trabalhadores e Trabalhadoras Sem Terra (MST)

A importância dos trabalhos prestados ao povo e as organizações populares, no Centro de Formação Paulo Freire em Normandia, demonstra o quanto o MST carrega consigo, a responsabilidade na emancipação social do povo brasileiro. Ato esse que, na ótica de Bolsonaro e sua base aliada, é danosa ao seu projeto que visa fazer do Brasil, uma nação subjugada aos interesses do capital estrangeiro e do imperialismo do norte-americano.

Temos aqui, mais um episódio de ódio e perseguição aos movimentos sociais. Foi assim, com os sindicato, está sendo com os(as) estudantes e agora a mira é o MST. Mas sejamos resistência! Queiram ou não queiram os juízes, não vamos entregar o país à agenda nefasta de Bolsonaro! Dessa forma, o Centro de Formação Paulo Freire será, mais do que nunca, nosso espaço de resistência popular contra a opressão e desgoverno!

Apesar de você, amanhã há de ser outro dia! Sigamos juntos(as)! Nenhum passo à trás!

Recife, 06 de setembro de 2019

ENTIDADES QUE ASSINAM ESSA NOTA

Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – Pernambuco (CTB PERNAMBUCO)
Sindicato dos Professores no Estado de Pernambuco – Pernambuco (SINPRO PERNAMBUCO)
União da Juventude Socialista – (UJS)
União dos Estudantes de Pernambuco – Cândido Pinto (UEP)
União Nacional dos Estudantes (UNE)
União Brasileira de Mulheres (UBM)
União das Associações e Conselhos de Moradores de Olinda (UNACOMO)
Centro de Estudos da Mídia Independente Barão de Itararé
Movimento Juntos Pela Educação
União de Negros(as) Pela Igualdade (UNEGRO – PERNAMBUCO)
Sindicato dos Servidores Públicos de Igarassu (SINSPI)
Movimento de Defesa da Mata do Engenho Uchôa
Sindicato dos Servidores Municipais de Moreno
Confederação Nacional das Associações de Moradores (CONAM)
Movimento Negro Unificado – Pernambuco (MNU PERNAMBUCO)
Sindicato dos Papeleiros de Pernambuco (SINDPAPE)

Comentários

comments