SINPRO-PE | SINDICATO DOS PROFESSORES DO ESTADO DE PERNAMBUCO

EDUCAÇÃO: SERÃO 15 DIAS DE LUTAS!

Por : Wallace Melo

#Opinião #Educação #Yeah #VaiDarCerto
Na última sexta-feira (31), o governo de Pernambuco renovou o decreto, que desde março, suspendeu em todo estado, nas escolas públicas e particulares, as aulas presenciais, por conta da pandemia da Covid-19.

No entanto, diferente do que vinha acontecendo todos os meses, o governo renovou a suspensão das aulas presenciais por apenas 15 dias, dando a possibilidade de reabertura das escolas, ainda em agosto.

A medida se deu, sem dúvidas, por conta da pressão que grupos empresariais da educação vem fazendo sobre o governo, almejando o restabelecimento do ensino presencial, em plena pandemia.

E a decisão do governo em conceder apenas 15 dias e não o mês completo, demonstra que a força da secretaria de educação está diminuindo, frente as pressões empresariais.

Um fato preocupante e que nos remete a um estado de prontidão
O retorno das aulas presenciais vão na contramão da opinião da maioria das famílias, estudantes, trabalhadores(as) em educação e, sobretudo, dos(as) professores(as), que por sua vez, vem se esforçando ao máximo e trabalhando de maneira exaustiva nesse atual panorama de ensino remoto.

Órgãos de pesquisas, como a FioCruz e UFPE já apresentaram estudos que mostram os riscos desse retorno das aulas presenciais, e a contaminação pela Covid-19 continua em todo estado.

É dificil e doloroso perceber que, enquanto pessoas morrem pela Covid-19, alguns setores cogitam em reabrir as escolas visando a retomada da cobrança das mensalidades de forma integral.

A luta é pela vida da comunidade escolar!
Teremos nesses 15 dias de agosto, o tempo para estabelecermos trincheiras e reafirmarmos as opiniões cientificamente referenciadas em defesa da vida, resistindo às investidas que almejam aventuras empresariais.

As escolas não estão prontas!
E frente ao clima de pressão é preciso reafirmar que o protocolo mais racional para um retorno às aulas presenciais, ainda é a vacina! Sem ela, os riscos são inúmeros.

Por outro lado, é preciso refutar a opinião propagada que as escolas particulares estão prontas. Mentira!

Será que as pequenas e medias escolas (que se constitui como maioria nos estabelecimentos de ensino) situadas no subúrbio, estão estruturadas e ofertarão garantias efetivas para um não contágio?

Acumular forças em defesa da vida!
Os dias nos remetem a resistência e luta, nos mais variados espaços. Contudo, a disputa em tela, é muito maior que meras narrativas ou retóricas. É mais uma batalha oriunda das contradições entre capital e trabalho.Tomemos nossos lados, então.

As mensalidades escolares e as falácias empresariais não podem se sobrepor às nossas vidas! E ai, de que lado você samba?

Wallace Melo Barbosaprofessor da educação básica e superior, humanista, secretário de formação do Sinpro Pernambuco.

Comentários

comments