SINPRO-PE | SINDICATO DOS PROFESSORES DO ESTADO DE PERNAMBUCO

COMUNICADO AOS PROFESSORES DE CHÃ GRANDE

Por : Mariza Cláudia

A nova diretoria do SINPRO-PE, gestão LUTAR e RESISTIR, vem conseguindo nos últimos três anos reajustes que ultrapassam o índice de inflação com garantia de ganho real aos professores da Rede Municipal de Chã Grande: em 2017 o percentual foi de 7.64%, em 2018 foi de 6.81% e em 2019 de 4.17%. Tudo isso com muito esforço, luta e união entre o SINPRO-PE e os docentes de Chã Grande. Para não destoar, em 2019 emplacamos a defesa dos professores que se encontra em readaptação já que os mesmos estavam sendo impelidos a voltar para sala de aula. Mais uma vez, com muito esforço e trabalho, conseguimos evitar que esses profissionais voltassem para sala de aula com indicativo que na próxima reunião com a secretaria de educação poderá ser estabelecida a readaptação de forma definitiva dos nossos colegas.

Outra pauta que está rondando a nossa base diz respeitos ao PCCV (Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos). A conjuntura atual aponta o risco de alterações no plano que prejudiquem a categoria e cause retrocesso. Algumas prefeituras estão se aproveitando do período de revisão para reduzir os direitos haja vista como o que acontece em outras cidades que o SINPRO-PE não representa. Um bom exemplo disto foi a revisão que causou a redução do valor inicial de salário da docência. Com a mudança o valor inicial passou a ser Piso Nacional do FUNDEB (R$ 2.550,00) para novos contratos, anteriormente faziam jus ao valor perto do dobro deste vencimento.

Não podemos cair em esparrelas e espontaneísmo. É preciso reconhecer o SINPRO-PE como a única entidade sindical capaz de chancelar acordo entre os professores e a gestão pública. Dessa forma, a diretoria do sindicato, na figura do professor Aldemir, continua dialogando com a Prefeitura Municipal de Chã Grande e lutando por melhorias para categoria mantendo a transparência e seriedade.

Comentários

comments